Dia Nacional das Igrejas Evangélicas e Protestantes ou "Día Nacional de las Iglesias Evangélicas y Protestantes" (31 de outubro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/688

Próxima Celebração "Dia Nacional das Igrejas Evangélicas e Protestantes" ou "Día Nacional de las Iglesias Evangélicas y Protestantes": Terça-Feira, 31 de Outubro de 2017, : daqui 35 dias, 10:00:49-03:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 2 minutos.

O Dia Nacional das Igrejas Evangélicas e Protestantes ou "Día Nacional de las Iglesias Evangélicas y Protestantes" em 31 de outubro de cada ano, é uma comemoração do Chile, que foi criada pela Lei Nº 20.299 de 10 de outubro de 2008, para ser festejada com feriado nacional, e que também é conhecida como "Dia Nacional das Igrejas Cristãs Evangélicas e Protestantes do Chile" ou "Día Nacional de las Iglesias Cristianas Evangélicas y Protestantes de Chile", de acordo com o Decreto Nº 142 de 26 de dezembro de 2005 do Ministério Secretaria Geral da Presidência ou "Ministerio Secretaría General de la Presidencia".

Essa data comemorativa de chilenos está relacionada com o "Dia Nacional da Proclamação do Evangelho" no Brasil e com o "Dia da Reforma Protestante" ou "Reformationstag", festejado por membros de Igrejas Luteranas e cristãos de outras denominações, para marcar a data de 31 de outubro de 1517, em que o reformador religioso e teólogo alemão, Martinho Lutero, fixou as "95 Teses" na porta do castelo em Wittenberg na Saxônia, a partir do que se deu início à grande cisão da Igreja Católica Apostólica Romana e ao surgimento das Igrejas Evangélicas, hoje presentes em praticamente todo o mundo.

Para conhecimento, o monge agostiniano Martinho Lutero pregou uma proposta de reforma nas portas da igreja de Wittenberg, debatendo a doutrina e prática de indulgências. Esta proposta é popularmente conhecida como as 95 teses, que foram pregadas na porta da Igreja do Castelo (Schlosskirche). A princípio, não teria sido um ato de provocação ou desafio. A Igreja do Castelo estava na rua principal de Wittenberg, e a porta da igreja funcionava como um quadro de avisos públicos e, portanto, o lugar lógico para se colocar as notícias importantes. Além disso, estas teses foram escritas em latim, a língua de então na Igreja Católica Apostólica Romana, e não em seu vernáculo alemão. No entanto, o caso gerou uma dura controvérsia entre Lutero e os aliados do Papa sobre uma variedade de doutrinas e práticas. Quando Lutero e seus seguidores foram excomungados em 1520, nasceu a tradição luterana.

Para a igreja Luterana, atualmente, essa data festiva é um feriado menor e é oficialmente definido como o Festival da Reforma. Até o século XX, as igrejas luteranas celebravam essa data comemorativa exatamente em 31 de outubro, independentemente do dia da semana. Hoje a maioria das igrejas protestantes muda sua celebração para que caia no domingo, e às vezes, desloca a data para ser celebrada no "Dia de Todos os Santos", em 1 de novembro de cada ano, preservando assim muito das tradições católicas. A exceção neste sentido são os sabatistas, que costumam celebrar a data rigorosamente no dia 31, ou deslocar as celebrações para o sábado. A cor litúrgica do dia é o vermelho, que representa o Espírito Santo e os mártires da Igreja Cristã. O Hino de Lutero, "Castelo Forte é Nosso Deus" ou "Ein feste Burg ist unser Gott", é tradicionalmente cantado neste dia. Todos permanecem de pé durante o hino, em memória ao seu uso nas guerras religiosas do século XVI. Há também a tradição de alguns alunos de igrejas protestantes representarem cenas da vida de Lutero.

Fontes consultadas:

  1. www.leychile.cl/…
  2. www.leychile.cl/…
  3. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/688

RSS/XML