Dia Municipal de Prevenção e Combate ao Bullying Escolar (1 de março)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/3866

Próxima Celebração "Dia Municipal de Prevenção e Combate ao Bullying Escolar": Quinta-Feira, 1 de Março de 2018, : daqui 192 dias, 00:16:49-03:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 3 minutos.

O Dia Municipal de Prevenção e Combate ao Bullying Escolar em 1 de março de cada ano, é uma comemoração na cidade brasileira de Manaus-AM, que foi instituída pela Lei Nº 1.533 de 11 de novembro de 2010.

Apesar de inúmeras pesquisas e grandes esforços, ainda não me foi possível obter maiores explicações e porquês para a criação dessa data comemorativa de manauenses em 1 de março, mas apenas foi possível determinar que ela busca promover, no âmbito escolar e na sociedade em geral, o debate sobre o problema do bullying nas escolas, além de contribuir para um processo de informação, reflexão e desenvolvimento de ações envolvendo a comunidade, os pais, professores e outros profissionais que atuem nas áreas da educação e da proteção à criança e ao adolescente de Manaus.

Para conhecimento, o bullying é um termo do inglês para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo - bully: "tiranete"/"valentão") ou por um grupo de indivíduos, com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo ou grupo de indivíduos, de alguma forma impossibilitado(s) de se defender.

Sabe-se que a data comemorativa municipal de Manaus-AM foi lançada em 2011 pela SEMED [Secretaria Municipal de Educação] da cidade, num evento realizado no auditório da Prefeitura Municipal de Manaus, que então reuniu cerca de 300 pessoas, na sua maioria diretores de escolas e professores, que têm a missão de trabalhar esta importante questão dentro da sala de aula. O ‘bullying’ acaba tirando o foco principal da criança, porque é uma agressão física e psicológica que é feita de forma constante e rotineira, e que pode causar grandes prejuízos ao processo educativo e, principalmente, ao estado psicológico do aluno”, destacou o então Secretário Municipal de Educação de Manaus, Mauro Lippi, ressaltando que faz parte do cronograma de trabalhos da Semed atuar em temas importantes e polêmicos como o ‘bullying’, algo que afeta principalmente as crianças em idade escolar, e que pode influenciar na personalidade do aluno.

Na ocasião, a principal palestrante do evento foi a psicóloga e professora da UEA [Universidade do Estado do Amazonas] e da Ulbra [Universidade Luterana do Brasil], Adriana Almeida. De acordo com ela, a principal dificuldade para combater o ‘bullying’ é o diagnóstico inicial. “Muitas vezes, a família acha que a criança está só inventando uma desculpa para não frequentar às aulas, mas, na verdade ela já está sofrendo ‘bullying’ na escola. São sintomas físicos e psicológicos que precisam ser identificados para que a situação seja combatida”, destacou então a psicóloga. Ainda segundo ela, é preciso ficar claro que as ocorrências de "bullying", definição em inglês que significa "ameaça", já viraram um fenômeno mundial. "Não se trata de um fenômeno só das escolas públicas. Isso acontece na rede pública, na rede privada e no mundo inteiro". "Sempre há um grupo de pessoas que vai implicar com um aluno mais magrinho que os outros, diferente dos outros". "Por isso precisamos ficar atentos, porque quem sofre ‘bullying’ tem consequências para o resto da vida", contou então Adriana.

A coordenadora do programa de prevenção ao enfreamento à violência e abuso sexual infanto-juvenil da SEMED, Eliana Hayden, disse, isso em 2011, que a secretaria já atuava há 6 anos com foco específico para o ‘bullying’, promovendo palestras, inserção de textos educativos e outras atividades destinadas ao combate desta prática tão prejudicial. "Muitas vezes as crianças preferem não contar que estão sofrendo violência, e isso acaba prejudicando o diagnóstico, mas a maioria dos casos nós resolvemos logo dentro da escola, com atuações eficientes dos gestores e professores", afirmou ela.

Fontes consultadas:

  1. educacaofisica-am.blogspot.com.br/…
  2. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/3866

RSS/XML