Dia Internacional do Patrimônio Mundial ou "International World Heritage Day" (16 de novembro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta para esse artigo: http://datascomemorativas.org/7dBH

O Dia Internacional do Patrimônio Mundial ou "International World Heritage Day" em 16 de novembro de cada ano, é uma comemoração internacional, que tem sido promovida pela UNESCO [Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura ou "United Nations Educational, Scientific and Cultural Organisation"].

Essa data comemorativa internacional tem por fim, marcar a data da adoção da Convenção de Paris ou "Paris Convention" [também conhecida como Convenção Mundial do Patrimônio ou "World Heritage Convention"], ou ainda "Convenção para a Proteção do Patrimônio Mundial, Cultural e Natural" ou "Convention Concerning the Protection of the World Cultural and Natural Heritage", que foi adotada em 16 de novembro de 1972, durante a 17ª Sessão da Conferência Geral da UNESCO, reunida de 17 de outubro a 21 de novembro desse mesmo ano, a partir da qual foram assentadas as bases da proteção do patrimônio cultural e natural da humanidade, após ter decidido aquando da sua 16ª sessão que tal questão seria objeto de uma convenção internacional.
Desde o seu lançamento, 191 países ratificaram a Convenção, fazendo com que esse instrumento de proteção se convertesse num dos mais respeitados organismos internacionais. Atualmente só Liechtenstein, Nauru, Somália, Sudão do Sul, Timor-Leste e Tuvalu não ratificaram a Convenção.

Para conhecimento, Patrimônio Mundial ou Patrimônio da Humanidade é uma região ou área, denominada "sítio", que pode estar localizado em um povoado, ou em vale, em rios, florestas, em uma vila, ou em montanhas, lagos, ilhas, desertos, em cidades, uma reserva natural marinha ou terrestre, resumindo, em qualquer local da Terra, que venha a ser considerado pela comunidade científica de inigualável e fundamental importância para a humanidade. Pode vir a ser um único monumento ou construção, ou o conjunto arquitetônico delimitado em uma cidade, vila ou região, ou toda a área, pode ser uma única caverna, ou vale, ou toda a região devido ao seu valor histórico, arqueológico, natural, ambiental, ou um conjunto desses fatores, e que venha a ser reconhecida pela UNESCO para fazer parte da Lista do Patrimônio Mundial, também se inclui na lista, pela importância e singularidade, manifestações e rituais, como outros, reconhecendo sua dimensão histórica, praticado por algumas comunidades ou povos.

Esses locais ou manifestações culturais são avaliados e definidos pela UNESCO, órgão executivo da ONU [Organização das Nações Unidas], de fundamental importância e relevância, tanto, histórico, cultural e natural para a humanidade, proporcionando, ao ser reconhecido e classificado como Patrimônio Mundial, o status e reconhecimento oficial para lhe garantir maior conservação, preservação e segurança.
Vários sítios são classificados como mistos (reúnem a classificação de culturais e naturais) e alguns sítios são transfronteiriços (sua área ou região se distribui por dois ou mais países). A lista é divulgada e atualizada após as sessões anuais da UNESCO, quando são expostos, debatidos, promulgados ou não, junto a todos os atuais países-membros, as solicitações de novas inclusões à Lista do Patrimônio Mundial, que é gerenciado pelo Comitê do Patrimônio Mundial, composto por 21, dentre os países-membros, que assinaram e ratificaram a Convenção, e que são eleitos para compor o comitê por dois anos.

Por isso, o programa anualmente recebe novas inscrições de sítios, requeridas pelos países-membros, para integrarem a Lista do Patrimônio Mundial. Esta nova propositura é discriminada por extensos dossiês, com vários itens pré-obrigatórios no seu contexto, que são analisados, pesquisados e inspecionados (todo um processo que pode demorar anos) e que,sendo ele ao fim referendado e incluído na Lista do Patrimônio Mundial, é catalogado e nomeado, passando a UNESCO a salvaguardar internacionalmente a sua conservação, por sua excepcional importância cultural e/ou natural como patrimônio comum da humanidade. Sob certas condições, determinados sítios que integram a Lista do Patrimônio Mundial, obtêm recursos do Fundo do Patrimônio Mundial.

Em 2015, por exemplo, 1.031 sítios, localizados em 163 países, integravam a Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO ou WHC [Convenção do Patrimônio Mundial ou "World Heritage Convention"], assim distribuídos, conforme foram reconhecidos, classificados e homologados: 802 culturais, 197 naturais e 32 mistos. Do total, 31 sítios são transfronteiriços e 48 estão seriamente ameaçados e foram incluídos na Lista do Patrimônio Mundial em Perigo, conforme decisão do Comitê do Patrimônio Mundial.
A Itália é o país com o maior número de sítios que integram a Lista do Patrimônio Mundial, com 51, seguida pela China com 48, Espanha com 44, França com 41 e Alemanha com 40. Cada sítio que integra a lista do Patrimônio Mundial tem um número próprio de identificação, mas é recorrente que algumas novas candidaturas de sítios pelos países membros, resultantes de pesquisas históricas e arqueológicas, e após avaliação pelo Comitê do Patrimônio Mundial e homologação e inclusão na lista, englobam, ou são adjacentes, ou contínuos à sítios que já constavam de listas anteriores, sendo estes sítios, listados como integrantes de descrições maiores. Como resultado disso, os números de identificação excedem 1.300, embora a listagem divulgue menos locais.
Em seu preâmbulo, a Convenção Mundial do Patrimônio traz as seguintes alegações:

  • constatando que o patrimônio cultural e o patrimônio natural estão cada vez mais ameaçados de destruição, não apenas pelas causas tradicionais de degradação, mas também pela evolução da vida social e econômica que as agrava através de fenômenos de alteração ou de destruição ainda mais importantes;
  • considerando que a degradação ou o desaparecimento de um bem do patrimônio cultural e natural constitui um empobrecimento efetivo do patrimônio de todos os povos do mundo;
  • considerando que a proteção de tal patrimônio à escala nacional é a maior parte das vezes insuficiente devido à vastidão dos meios que são necessários para o efeito e da insuficiência de recursos econômicos, científicos e técnicos do país no território do qual se encontra o bem a salvaguardar;
  • relembrando que o Acto Constitutivo da Organização prevê a ajuda à conservação, progresso e difusão do saber, promovendo a conservação e proteção do patrimônio universal e recomendando aos povos interessados convenções internacionais concluídas para tal efeito;
  • considerando que as convenções, recomendações e resoluções internacionais existentes no interesse dos bens culturais e naturais demonstram a importância que constitui, para todos os povos do mundo, a salvaguarda de tais bens, únicos e insubstituíveis, qualquer que seja o povo a que pertençam;
  • considerando que determinados bens do patrimônio cultural e natural se revestem de excepcional interesse que necessita a sua preservação como elementos do patrimônio mundial da humanidade no seu todo;
  • considerando que, perante a extensão e a gravidade dos novos perigos que os ameaçam, incumbe à colectividade internacional, no seu todo, participar na proteção do patrimônio cultural e natural, de valor universal excepcional, mediante a concessão de uma assistência coletiva que sem se substituir à ação do Estado interessado a complete de forma eficaz;
  • considerando que se torna indispensável a adoção, para tal efeito, de novas disposições convencionais que estabeleçam um sistema eficaz de proteção coletiva do patrimônio cultural e natural de valor universal excepcional, organizado de modo permanente e segundo métodos científicos e modernos...

Fontes consultadas em 16 de novembro de 2016 às 08:43:26:

  1. whc.unesco.org/…
  2. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Antonio Cezar é cego, dedica ± 4 hhoras/dia na maior coleção [RankBrasil] em Datas Comemorativas e seus porquês, e conta com você. Clique e colabore!

Ocultar

Foto do Locutor Antonio Cezar

Você pode entrar em contato para saber como ajudar ou doar qualquer quantia, na Caixa Econômica Federal ou numa lotérica perto de você, para Antonio Cezar, agência 2992, operação 13, conta poupança 8655-1. Por exemplo, moedas do troco no pagamento de suas contas serão sempre bem-vindas.

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/7dBH

RSS/XML