Dia Internacional da Contabilidade ou "International Accounting Day" (10 de novembro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta para esse artigo: http://datascomemorativas.org/5uHM

O Dia Internacional da Contabilidade ou "International Accounting Day" em 10 de novembro de cada ano, é uma comemoração internacional, que também é conhecida como "Dia Internacional dos Contadores" ou "International Accountant's Day", e que parece não ser endossada por qualquer entidade internacional de contabilidade ou contadores.

Essa data comemorativa internacional tem por fim, marcar a data da publicação da famosa obra do monge Franciscano e matemático italiano, Luca Bartolomeo de Pacioli, que é considerado o "Pai da Contabilidade Moderna", por ele ter escrito a "coleção de conhecimentos de aritmética, geometria, proporção e proporcionalidade" ou "Summa de Arithmetica, Geometria proportioni et propornalità", que foi publicada em 10 de novembro de 1494, e que continha um capítulo ["Particulario de computies et scripturis"] tratando então sobre contabilidade, o que converte o autor no 1º de que se tem notícia na história mundial a descrever a "contabilidade de dupla entrada", também conhecida como "método veneziano" ["el modo de Vinegia"] ou "método das partidas dobradas".

Enquanto Luca Pacioli é muitas vezes chamado de "Pai da Contabilidade", ele não inventou o sistema. Em vez disso, ele simplesmente descreveu um método usado por comerciantes em Veneza durante o período renascentista italiano. Seu sistema incluía a maior parte do ciclo de contabilidade tal como a conhecemos hoje. Por exemplo, ele descreveu as revistas de uso e livros, e ele avisou que uma pessoa não deve ir dormir durante a noite até que os débitos tenham igualado os créditos! Sua contabilidade incluiu ativos, recebíveis e estoques), passivos, capital, renda e contas de despesas.
No seu tratado, Luca demonstrou entradas de fechamento e de fim de ano, e propôs que um balancete fosse usado para provar um livro equilibrado. Além disso, seu tratado alude a uma ampla gama de temas, desde a contabilidade ética de contabilidade de custos. Minúsculos numerosos detalhes da técnica de contabilidade estabelecidas pelo Pacioli foram seguidos em textos e da profissão pelo menos durante os próximos quatro séculos depois dele. Talvez a melhor prova de que a obra de Pacioli foi considerada potencialmente significativa, mesmo no momento da sua publicação, é o fato de que ele foi impresso em novembro de 1494, numa época em que ainda era extremamente caro se imprimir um livro, pois Guttenberg, havia inventado o tipo de metal apenas um quarto de século antes dessa publicação.

Para conhecimento, contabilidade é uma ciência social que tem como objeto de estudo o patrimônio das entidades (ou a azienda, que é o patrimônio mais a pessoa que o administra), seus fenômenos e variações, tanto no aspecto quantitativo quanto no qualitativo, registrando os fatos e atos de natureza econômico-financeira que o afetam e estudando suas consequências na dinâmica financeira. De acordo com a doutrina oficial brasileira (organizada pelo Conselho Federal de Contabilidade), a contabilidade é uma ciência social da mesma forma que a economia e a administração. Esta ciência surgiu em decorrência de necessidade, quando a sociedade produzia excedentes que necessitavam ser contabilizados.

Para se tentar explicar a contabilidade de dupla entrada, pode-se usar o ditado: "O dinheiro não nasce nas árvores", o que significa que o dinheiro tem de vir de algum lugar, não surge do "nada". Diante disso, a contabilidade de "dupla entrada" é um método de registo pelo qual se pode controlar exatamente de onde o dinheiro vem e exatamente para onde ele vai.

Utilizar a dupla entrada significa que o dinheiro nunca é ganho ou perdido; é sempre transferido de algum lugar: uma conta de origem, para outro lado: a conta de destino. No programa de contabilidade software livre, GnuCash, que informatizou um método das partidas dobradas, esta transferência é conhecida como uma transação e cada transação requer pelo menos duas contas, uma que transfere um saldo e outra que recebe o mesmo.
Este conceito de dupla entrada já existe desde cerca do século XIII, e o seu objetivo foi sempre o de reduzir a probabilidade de erros de entrada de dados. Felizmente, o GnuCash torna muito mais fácil introduzir transações do que o era naqueles tempos primordiais da contabilidade!
Chamar a isto contabilidade de dupla-entrada é algo enganoso; seria de certa forma mais correto chamar-lhe contabilidade de entrada-multipla, visto uma transação poder afetar mais do que duas contas. Infelizmente, existem 700 anos de história da utilização do termo, o que é suficiente para desencorajar a sua modificação.

Fontes consultadas em 10 de novembro de 2016 às 01:47:20:

  1. accountants-day.info/…
  2. web.mit.edu/…
  3. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Antonio Cezar é cego, dedica ± 4 hhoras/dia na maior coleção [RankBrasil] em Datas Comemorativas e seus porquês, e conta com você. Clique e colabore!

Ocultar

Foto do Locutor Antonio Cezar

Você pode entrar em contato para saber como ajudar ou doar qualquer quantia, na Caixa Econômica Federal ou numa lotérica perto de você, para Antonio Cezar, agência 2992, operação 13, conta poupança 8655-1. Por exemplo, moedas do troco no pagamento de suas contas serão sempre bem-vindas.

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/5uHM

RSS/XML