Dia Estadual de Prevenção das Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho ou LER/DORT (último dia de fevereiro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/1438

Próxima Celebração "Dia Estadual de Prevenção das Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho" ou "LER/DORT": Quarta-Feira, 28 de Fevereiro de 2018, : daqui 304 dias, 11:15:59-03:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 3 minutos.

O Dia Estadual de Prevenção das Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho ou LER/DORT no último dia de fevereiro de cada ano, é uma comemoração móvel dos Estados brasileiros do Ceará [Lei Nº 13.486 de 16 de junho de 2004], Paraíba [Lei Nº 8.638 de 18 de agosto de 2008], Rio de Janeiro [Lei Nº 4.437 de 8 de novembro de 2004 e Lei Nº 5.645 de 6 de janeiro de 2010] e Rio Grande do Sul [Lei Nº 11.675 de 9 de outubro de 2001], para ser festejada num dia atípico em termos de repetição, que está relacionada com esforços repetitivos no Trabalho, cuja data da celebração pode ocorrer no dia 28 de fevereiro dos anos não-bissextos e 29 de fevereiro dos anos bissextos no calendário gregoriano.

Conforme a Lei supracitada do Estado dos cariocas, fica o Poder Executivo autorizado a promover campanhas de esclarecimento, conscientização e estímulo à prevenção das lesões por esforços repetitivos no Estado do Rio de Janeiro.

Essa data comemorativa de cearenses, paraibanos, cariocas e sul-rio-grandenses, está relacionada com o "Dia Internacional de Prevenção às LER/DORt" ou "Lesões por Esforços Repetitivos / Distúrbios Osteomusculares" ou "International Day for Prevention of RSI/MSD Repetitive strain injury / Musculoskeletal Disorders", que foi criado em 1999 por trabalhadores atingidos por LER e sindicalistas, no mesmo ano em que um estudo norte-americano indicou que, para cada dólar investido em uma intervenção de ergonomia destinada a ajudar a prevenir lesões músculo-esqueléticas, as empresas poderiam esperar por um retorno de cerca de 18 dólares, e que tem sido festejado desde 2000, com o apoio de profissionais de saúde e segurança do trabalho e a partir da iniciativa da trabalhadora canadense atingida por LER, Catherine Fenech, tendo por fim chamar a atenção para a consciência e a ação contra a crescente epidemia de Lesões por Esforços Repetitivos ou distúrbios osteomusculares.

Para conhecimento, as lesões por esforços repetitivos, também conhecidas como distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho, representam um termo genérico para descrever uma família de distúrbios dolorosos que afetam tendões, músculos, nervos e articulações do pescoço, regiões superiores e inferiores das costas, peito, ombros, braços e mãos.
Esses distúrbios podem ser causados por atividades de trabalho que são frequentes e repetitivas, ou atividades realizadas com posturas inadequadas, incluindo posições corporais fixas ou limitadas; repetição contínua de movimentos; força concentrada em pequenas partes do corpo, como mãos ou pulsos, ou ainda, um ritmo de trabalho que não permita descanso suficiente entre os movimentos. Calor, frio e vibração podem também contribuir para o desenvolvimento de DORT. Esses distúrbios são geralmente causados por uma combinação dos fatores acima enumerados, Em vez de um fator individual.
Os DORT e LER são um grave problema de saúde no trabalho em todo o mundo e são reconhecidos como principais causas de significativo sofrimento humano, perda de produtividade e encargos económicos para a sociedade.

Um princípio fundamental da saúde e segurança no trabalho, que conta com o aval do CCOHS [Centro Canadense de Saúde e Segurança Ocupacional ou "Canadian Centre for Occupational Health and Safety"], é que os perigos são melhor eliminados na fonte. No caso das lesões músculo-esqueléticas, a principal fonte de risco é a repetitividade de trabalho. A prevenção deve procurar eliminar a repetitividade do trabalho, pela adequação de projetos de trabalho. Quando isto não for possível, as estratégias de prevenção, como bom layout do local de trabalho, ferramentas e design de equipamento, e as práticas de trabalho adequadas devem ser consideradas. É importante reconhecer cedo esses transtornos, porque os tratamentos médicos se tornam menos eficazes com o passar do tempo e ao longo destas lesões.

com o fim de ser verdadeiramente eficazes, as medidas de prevenção e controle das LER e DORT, requerem um envolvimento significativo por parte dos trabalhadores, dos seus representantes, e de gestão e planejamento para melhorar a saúde e segurança ocupacional.

Fontes consultadas:

  1. www.al.ce.gov.br/…
  2. alpb1.pb.gov.br/…
  3. alerjln1.alerj.rj.gov.br/…
  4. www.al.rs.gov.br/…
  5. www.ccohs.ca/…
  6. www.cos-mag.com/…
  7. ergoweb.com/…
  8. www.iwh.on.ca/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/1438

RSS/XML