Dia Estadual de Mobilização em Defesa da Vida e da Dignidade do ser Humano (3 de novembro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta para esse artigo: http://datascomemorativas.org/fVHu

O Dia Estadual de Mobilização em Defesa da Vida e da Dignidade do ser Humano em 3 de novembro de cada ano, é uma comemoração no Estado brasileiro do Espírito Santo,que foi estabelecida pela Lei Nº 8.287 de 19 de abril de 2006, com um convite para toda a sociedade espírito-santense em favor da prática de atos de valorização à vida, de construção da cidadania e de promoção do bem-estar comum, e que terminaria por contribuir para a criação do "Dia Nacional do Quilo" no Brasil.

Essa data comemorativa de espírito-santenses tem por fim, marcar a data do aniversário do nascimento do sociólogo e ativista brasileiro dos direitos humanos, Herbert José de Sousa [conhecido como "Betinho"], que veio ao mundo em 3 de novembro de 1935, e que concebeu e se dedicou à ONG [Organização Não Governamental] "Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida", promotora de uma grande campanha chamada "Dia Nacional do Quilo" no começo de novembro de cada ano, dentro da programação da "Campanha Natal sem fome", para a arrecadação de alimentos e promoção de discussões sobre o problema da fome no Brasil.

Herbert José de Sousa nasceu no norte de Minas Gerais e, junto com seus dois irmãos, o cartunista Henfil e o músico Chico Mário, herdou da mãe a hemofilia, tendo sofrido desde a infância, com outros problemas, como a tuberculose, por exemplo.

Foi criado em ambientes inusitados: a penitenciária e a funerária, onde o pai trabalhava. Mas sua formação teve grande influência dos padres dominicanos, com os quais travou contato na década de 1950, e talvez por conta disso, integrou a JEC [Juventude Estudantil Católica], a JUC [Juventude Universitária Católica] e, em 1962, fundou a AP [Ação Popular], da qual foi coordenador até 1964.

Com o golpe militar de 1964 no Brasil, Betinho se mobilizou contra a ditadura, sem nunca esquecer, claro, as causas sociais. Porém, com o aumento da repressão militar no Brasil, foi obrigado a se exilar no Chile, em 1971. Lá assessorou o médico, estadista e político esquerdista chileno, Salvador Allende, até sua deposição em 1973,. quando conseguiu escapar do golpe do militar e político chileno, augusto Pinochet, refugiando-se então na embaixada panamenha. Posteriormente morou no Canadá e no México, em cujo período foram reforçadas as suas convicções sobre a democracia, que ele julgava serem incompatíveis com o sistema capitalista.

Betinho foi homenageado como "o irmão do Henfil" na canção "O Bêbado e a Equilibrista" do compositores brasileiros, João Bosco e Aldir Blanc, que foi gravada pela cantora brasileira, Elis Regina, contendo o verso: "Meu Brasil / que sonha com a volta do irmão do Henfil / com tanta gente que partiu…" à época da Campanha pela Anistia aos presos e exilados políticos no Brasil. Anistiado em 1979, voltou ao Brasil.

Em 1981, juntamente com os economistas brasileiros, Carlos Afonso e Marcos Arruda, fundou o IBASE [Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas], e passou a se dedicar à luta pela reforma agrária, sendo um de seus principais articuladores. Nesse sentido, conseguiu reunir, em 1990, milhares de pessoas no Aterro do Flamengo na cidade brasileiro do Rio de Janeiro-RJ, numa manifestação pela causa.

Betinho também integrou as forças que resultaram no impeachment do Presidente da República do Brasil, Fernando Collor de Mello, mas o projeto pelo qual se imortalizou, foi, provavelmente, a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida, movimento em favor dos pobres e excluídos.

Em 1986, Betinho descobriu ter contraído o vírus da AIDS em uma das transfusões de sangue a que era obrigado a se submeter periodicamente devido à hemofilia. Em sua vida pública esse fato repercutiu na criação de movimentos de defesa dos direitos dos portadores do vírus. Juntamente com outros membros da sociedade civil, Betinho então fundou e presidiu até a sua morte a Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS. Dois dos seus irmãos, Henfil e Chico Mário, morreram em 1988 por consequência da mesma doença. Mesmo assim, não deixou de ser ativo até o final de sua vida, dizendo que a sua condição de soropositivo o forçava a "comemorar a vida todas as manhãs".

Betinho morreu em 9 de agosto de 1997, já bastante debilitado pela AIDS. Deixou dois filhos: Daniel, filho do seu primeiro casamento com Irles Carvalho, e Henrique, filho do segundo casamento com Maria Nakano, com quem viveu por 27 anos.

Fontes consultadas em 31 de outubro de 2016 às 08:33:48:

  1. www.al.sp.gov.br/…
  2. www.al.mt.gov.br/…
  3. www.al.rs.gov.br/…
  4. www.al.to.gov.br/…
  5. www.conslegis.es.gov.br/…
  6. www.planalto.gov.br/…
  7. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Antonio Cezar é cego, dedica ± 4 hhoras/dia na maior coleção [RankBrasil] em Datas Comemorativas e seus porquês, e conta com você. Clique e colabore!

Ocultar

Foto do Locutor Antonio Cezar

Você pode entrar em contato para saber como ajudar ou doar qualquer quantia, na Caixa Econômica Federal ou numa lotérica perto de você, para Antonio Cezar, agência 2992, operação 13, conta poupança 8655-1. Por exemplo, moedas do troco no pagamento de suas contas serão sempre bem-vindas.

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/fVHu

RSS/XML