Dia Estadual da Consciência Trabalhista (22 de janeiro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/3620

Próxima Celebração "Dia Estadual da Consciência Trabalhista": Segunda-Feira, 22 de Janeiro de 2018, : daqui 153 dias, 20:26:55-03:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 2 minutos.

O Dia Estadual da Consciência Trabalhista em 22 de janeiro de cada ano, é uma comemoração no Estado brasileiro do Rio de Janeiro, que foi criada pela Lei Nº 5.500 de 7 de julho de 2009, e que foi ratificada pela Lei Nº 5.645 de 6 de janeiro de 2010, com o fim de pregar e difundir os valores do trabalho no Estado dos cariocas.

Essa data comemorativa do Estado do Rio de janeiro tem por fim, marcar a data do aniversário do nascimento do Engenheiro civil e político brasileiro, Leonel de Moura Brizola, mais conhecido por Leonel Brizola, que veio ao mundo em 22 de janeiro de 1922, e que é tido como a maior expressão contemporânea do pensamento, da consciência e da ação trabalhista, enquanto presidente nacional do PDT [Partido Democrático Trabalhista] no Brasil.

Lançado na vida pública pelo ex-presidente-ditador do Brasil, Getúlio Dornelles Vargas, Brizola foi um dos poucos políticos brasileiros eleito pelo povo para governar dois estados diferentes em toda a história do Brasil: Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, façanha alcançada até hoje também, apenas pelo médico e político brasileiro, Pedro Pedrossian, que conseguiu governar o Mato Grosso e o Mato Grosso do Sul, após eleição popular direta. Exerceu também a presidência de honra da Internacional Socialista.

Nascido no vilarejo de Cruzinha, hoje interior de Carazinho, então pertencente ao município brasileiro de Passo Fundo-RS, Leonel Brizola era filho de camponeses migrados da cidade brasileira de Sorocaba-SP. Batizado como Itagiba de Moura Brizola, cedo adotou o nome de um líder maragato da Revolução Federalista de 1923 no Estado do Rio Grande do Sul, Leonel Rocha. Foi prefeito da cidade brasileira de Porto Alegre-RS, deputado estadual e governador do Rio Grande do Sul, deputado federal pelo Rio Grande do Sul e pelo extinto estado da Guanabara, e duas vezes governador do Rio de Janeiro.

Sua influência política no Brasil durou aproximadamente 50 anos, inclusive enquanto exilado pelo Golpe Militar de 1964 no Brasil, contra o qual foi um dos líderes da resistência. Por duas vezes foi candidato a presidente do Brasil pelo Partido Democrático Trabalhista, que foi fundado por ele em 1980, não conseguindo ser eleito. Morreu aos 82 anos de idade, em 21 de junho de 2004, vitimado por problemas cardíacos. Em 2012, num concurso realizado pelo SBT [Sistema Brasileiro de Televisão] e pela BBC [Companhia britânica de Radiodifusão ou "British Broadcasting Corporation"], foi eleito um dos 100 maiores brasileiros de todos os tempos, ocupando a 47ª posição. Em 29 de dezembro de 2015, foi inscrito no "Livro dos Heróis da Pátria", que se encontra no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, na capital federal de Brasília-DF.

Fontes consultadas:

  1. alerjln1.alerj.rj.gov.br/…
  2. pt.wikipedia.org/…
  3. www.bradoretumbante.org.br/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/3620

RSS/XML