Dia do Início da Semana de Atenção à Saúde Pública (semana X 24 de março)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta para esse artigo: http://datascomemorativas.org/WNOO

A Semana de Atenção à Saúde Pública na semana em que esteja incluso o dia 24 de março, é uma comemoração móvel na cidade brasileira do Rio de Janeiro-RJ, que foi criada pela Lei Nº 4.984 de 22 de janeiro de 2009, e que foi ratificada pela Lei nº 5.146 de 7 de janeiro de 2010, cuja data do início das celebrações pode ocorrer entre os dias 18 de março e 24 de março de cada ano no calendário gregoriano, em apoio à "Semana Nacional de Mobilização e Luta contra a Tuberculose" no Brasil e ao "Dia Mundial de Combate à Tuberculose" ou "World Tuberculosis Day".

De acordo com a Lei supracitada da cidade do Rio de Janeiro, durante as celebrações dessa semana festiva, deverão ser realizadas ações educativas, constando de seminários, encontros, palestras, feiras de saúde e outras atividades pertinentes, cujos temas deverão abordar aspectos da prevenção e cuidados sobre a saúde, bem como a fundamental importância das políticas de saúde pública e a sua importante função como instrumento de realização dos Direitos Sociais

Ainda conforme a Lei acima mencionada da capital dos cariocas, o Poder Executivo Municipal deverá promover ações para a realização da programação dessa semana celebrativa, incluindo a Secretaria Municipal de Saúde, todas as suas unidades, e as Secretarias de Educação, Assistência Social e do Deficiente-Cidadão.
Diz ainda a referida Lei municipal que, o Poder Executivo Municipal deverá firmar convênios ou consórcios públicos com órgãos Estaduais e Federais, conselhos de classes, sindicatos, ONGs [Organizações Não-Governamentais] e OSCIPs [Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público], visando a realização da programação dessa Semana festiva.

A data celebrativa internacional foi sugerida em 1982 pela IUATLD [União Internacional contra a Tuberculose e Doenças Pulmonares ou "International Union Agaist Tb and Lung Disease"], e, a partir de 1996, passou a contar também com o apoio da OMS [Organização Mundial da Saúde] ou WHO [World Health Organization] e outras organizações de saúde de várias partes do mundo.

A Parceria para parar a Tuberculose ou "Stop TB Partnership", que teve seu nome como Iniciativa para Parar a Tuberculose ou "Stop TB Initiative" à época de sua criação, foi constituída em 1998, como uma rede de organizações e países que lutam contra a tuberculose, e que trabalha com essa parceria para apoiar as atividades e eventos desse dia festivo em todos os anos, cuja campanha global teve diferentes temas e slogans ao longo desses anos de celebração.

Essa data comemorativa internacional sugerida pela União Internacional contra a Tuberculose e Doenças Pulmonares tem por fim, marcar a data de 24 de março de 1882, em que o médico, patologista e bacteriologista alemão, Heinrich Hermann Robert Koch, apresentou sua descoberta do bacilo causador da Tuberculose [mais tarde chamado de "Bacílo de Koch" ou "Mycobacterium tuberculosis"] na cidade alemã de Berlim, durante uma reunião da comunidade científica da época, iniciando a partir de então, uma revolução no trato dessa doença, muito embora essa sua descoberta tenha sido ignorada por muito tempo ainda depois dessa apresentação a esses cientistas do seu tempo, até mesmo nos setores médicos de várias partes do mundo.

Para conhecimento, a TB [tuberculose], antigamente chamada de "peste cinzenta", e conhecida também em português como tísica pulmonar ou "doença do peito", é uma das doenças infecciosas documentadas desde mais longa data e que continua a afligir a Humanidade nos dias atuais. É causada no homem e em outros animais por diferentes espécies do gênero Mycobacterium. A espécie que mais transmite ao homem é o Mycobacterium tuberculosis, também conhecido como bacilo de koch, embora outras espécies também possam provocar a doença, como Mycobacterium bovis e Mycobacterium avium. Estima-se que a bactéria causadora tenha evoluído há 50.000 anos, a partir de outras bactérias do gênero Mycobacterium.

A tuberculose é considerada uma doença socialmente determinada, pois sua ocorrência está diretamente associada à forma como se organizam os processos de produção e de reprodução social, assim como à implementação de políticas de controle da doença. Os processos de produção e reprodução estão diretamente relacionados ao modo de viver e ao trabalho do indivíduo. Até há poucos anos, a tuberculose não era considerada uma ameaça, mas está se disseminando com extrema facilidade -principalmente entre classes menos favorecidas e pessoas cujo organismo esteja sem defesa contra o bacilo de Koch, o agente causador da doença, que está intimamente ligada com a pobreza.

A tuberculose pulmonar é a forma mais frequente e generalizada da doença, provocando sintomas como Tosse, dor no peito, falta de apetite, emagrecimento, cansaço e febre baixa. Porém, o bacilo da tuberculose pode afetar também outras áreas do organismo humano, como, por exemplo, laringe, ossos e articulações, a pele (lúpus vulgar), os glânglios linfáticos (escrófulo), os intestinos, os rins e o sistema nervoso. A tuberculose miliar consiste num alastramento da infecção a diversas partes do organismo, por via sanguínea. Este tipo de tuberculose pode atingir as meninges (membranas que revestem a medula espinhal e o encéfalo), causando infecções graves denominadas de "meningite tuberculosa".

Em diversos países, houve a ideia de que por volta de 2010 a doença estaria praticamente controlada e inexistente. No entanto, o advento do HIV [Vírus da Imunodeficiência Humana ou "Human Immunodeficiency Virus"], e da AIDS [Síndrome da Imunodeficiência Adquirida ou "Acquired Immunodeficiency Syndrome"], mudaram drasticamente esta perspectiva. No ano de 1993, em decorrência do número de casos da doença, a Organização Mundial da Saúde decretou estado de emergência global e propôs o DOTS [Tratamento Diretamente Supervisionado ou "directly observed treatment"], como estratégia para o controle da doença, com uma mudança na forma de se administrar os medicamentos, sem mudanças no esquema terapêutico; ou seja, um profissional de saúde passa a observar o paciente "engolir" os medicamentos, que são oferecidos gratuitamente aos doentes pelo Governo brasileiro, desde o início do tratamento até a sua cura.

Fontes consultadas em 17 de novembro de 2016 às 23:31:35:

  1. mail.camara.rj.gov.br/…
  2. www.timeanddate.com/…
  3. www.saude.pr.gov.br/…
  4. en.wikipedia.org/…
  5. portal2.saude.gov.br/…
  6. www.stoptb.org/…
  7. www.saude.sp.gov.br/…
  8. www1.folha.uol.com.br/…
  9. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Antonio Cezar é cego, dedica ± 4 hhoras/dia na maior coleção [RankBrasil] em Datas Comemorativas e seus porquês, e conta com você. Clique e colabore!

Ocultar

Foto do Locutor Antonio Cezar

Você pode entrar em contato para saber como ajudar ou doar qualquer quantia, na Caixa Econômica Federal ou numa lotérica perto de você, para Antonio Cezar, agência 2992, operação 13, conta poupança 8655-1. Por exemplo, moedas do troco no pagamento de suas contas serão sempre bem-vindas.

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/WNOO

RSS/XML