Dia do Botonista (14 de fevereiro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/2703

Próxima Celebração "Dia do Botonista": Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, : daqui 175 dias, 06:14:49-03:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 2 minutos.

O Dia do Botonista em 14 de fevereiro de cada ano, é uma comemoração do Estado brasileiro de São Paulo, que foi instituída pela Lei Nº 10.833 de 2 de julho de 2001, a partir de uma sugestão de 1998 do Departamento de Futebol de Mesa da Hebraica, com o apoio da Federação Paulista de Futebol de Mesa.

Essa data comemorativa de paulistas tem por fim, marcar a data do aniversário do nascimento do compositor, escritor e pintor brasileiro, Geraldo Cardoso Décourt, que veio ao mundo em 14 de fevereiro de 1911, e que é tido como o inventor do jogo de botões ou futebol de botões, além de ser um incansável batalhador em prol de colocar o jogo de botões ao lado dos entretenimentos mais populares do Brasil, enquanto divulgador e organizador de eventos de futebol de mesa, o que propiciou o desenvolvimento do esporte, assim como sua popularização.

Para conhecimento, segundo definição da Wikipédia, o Futebol de Botão é um jogo simulado de futebol, praticado com botões apropriados, que, de certa forma, representam os jogadores e são movidos com o auxílio de uma palheta; é praticado como um "passatempo" e como esporte oficialmente reconhecido, sendo, nesta última condição, denominado "Futebol de Mesa".
O futebol de botão não deve ser confundido com o jogo chamado no Brasil de Pebolim, Totó ou Fla-Flu.

O envolvimento de Geraldo com o jogo de botões começou por volta de 1929, época em que ele passou a praticar o esporte, então chamado por ele de "Celotex", nome do material usado para a confecção das mesas. Nesses primórdios, ele se utilizava de botões de camisa, então de madeira, passando a usar mais tarde, os botões de plástico.
Em 1930, Geraldo lançou o 1º livro de regras para o jogo de botões: "Regras Officiaes do Foot-ball Celotex".

Dessa brincadeira de criança surgiu o "jogo de botões", aquilo que se tornaria o esporte difundido e praticado como modalidade esportiva, apresentando uma diversidade de regras e materiais, tendo adeptos em um grande número de países.

A partir da criação do esporte, em diversas regiões do Brasil houve um incremento de regras e desenvolvimento de materiais cada vez mais adequados à execução do jogo, principalmente nas décadas de 1930 a 1980, quando várias modalidades eram praticadas, usando-se diversos tipos de botões e superfícies para um melhor deslize de botões, desde piso das casas e mesas de jantar, até o famoso "Estrelão", que era uma mesa de jogo sem cavaletes, produzida pela fábrica Estrela, durante os anos 1970.

Na pintura, Geraldo foi autodidata, sendo considerado pelo advogado, jurista, poeta, escritor e crítico de arte brasileiro, Paulo de Tarso Mendes de Almeida, como "um dos primeiros abstracionistas do Brasil".

No Salão Paulista de Arte Moderna, conquistou uma medalha de bronze (1961), uma de prata (1962) e o "Prêmio Aquisição" (1963).
Suas obras foram incluídas também em outros Salões Oficiais, além de exposições coletivas e individuais.

Fontes consultadas:

  1. www.al.sp.gov.br/…
  2. www.al.sp.gov.br/…
  3. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/2703

RSS/XML