Dia do Ativista (14 de março)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/3958

Próxima Celebração "Dia do Ativista": Quarta-Feira, 14 de Março de 2018, : daqui 205 dias, 00:23:10-03:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 2 minutos.

O Dia do Ativista em 14 de março de cada ano, é uma comemoração no Estado brasileiro do Rio de Janeiro, que foi instituída pela Lei Nº 5.542 de 17 de setembro de 2009, e que foi ratificada pela Lei Nº 5.645 de 6 de janeiro de 2010.

Essa data comemorativa do Estado do Rio de Janeiro tem por fim, marcar a data do nascimento do ativista social, escritor e político brasileiro, Abdias do Nascimento, que veio ao mundo em 14 de março de 1914 na cidade brasileira de Franca-SP, e que foi grande militante no combate à discriminação racial no Brasil, considerado um dos maiores ativistas em defesa da cultura e igualdade para as populações afrodescendentes em território brasileiro, e um nome de grande importância para a reflexão e atividade sobre a questão do negro na sociedade brasileira.

Para conhecimento, segundo o Projeto de Lei Nº 2.161 de 2 de abril de 2009 da Assembleia do Rio de Janeiro, por vezes, a imprensa usa o termo ativismo como sinônimo de manifestação ou protesto. Nas ciências políticas, ativismo também pode ser sinônimo de militância, particularmente, por uma causa. Usualmente, ativismo pode ser entendido como militância ou ação continuada, com vistas a uma mudança social ou política, privilegiando a ação direta, por isso, a referida propositura objetiva homenagear um dos maiores ativistas sociais do Brasil: Abdias do Nascimento, e a todos os ativistas brasileiros.

Ainda de acordo com o Projeto de Lei supracitado, Abdias do Nascimento é um dos maiores defensores da defesa da cultura e igualdade para as populações afrodescendentes no Brasil, intelectual de grande importância para a reflexão e atividade sobre a questão do negro na sociedade brasileira. Teve uma trajetória longa e produtiva, indo desde o movimento integralista, passando por atividade de poeta (com a Hermandad, grupo com o qual viajou de forma boêmia pela América do Sul), até ativista do Movimento Negro, ator (criou em 1944 o Teatro Experimental do Negro) e escultor. Após a volta do exílio compulsório sofrido de 1968 a 1978, inseriu-se na vida política (foi deputado federal de 1983 a 1987, e senador da República de 1997 a 1999), além de colaborar fortemente para a criação do Movimento Negro Unificado em 1978. O Projeto de Lei aqui mencionado continua contando, que Abdias do Nascimento contribuiu também, na cidade brasileira de São Paulo-SP no ano de 2006, para a criação do dia 20 de Novembro como o dia oficial da consciência negra, muito embora, conforme minhas pesquisas, o "Dia Nacional da Consciência Negra" já viesse sendo festejado no Brasil desde pelo menos 1978. Recebeu também o título de Doutor Honoris Causa da Universidade de Brasília.

Abdias do Nascimento é autor de vários livros: "Sortilégio", "Dramas Para Negros e Prólogo Para Brancos", "O Negro Revoltado", e outros. Foi Professor Benemérito da Universidade do Estado de Nova York e doutor “Honoris Causa” pelo Estado do Rio de Janeiro, além de grande militante no combate à discriminação racial no Brasil.

Fontes consultadas:

  1. alerjln1.alerj.rj.gov.br/…
  2. www.geledes.org.br/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/3958

RSS/XML