Dia da Valorização do Militar Estadual Paranaense (22 de outubro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/1354

Próxima Celebração "Dia da Valorização do Militar Estadual Paranaense": Domingo, 22 de Outubro de 2017, : daqui 27 dias, 03:53:57-03:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 1 minuto.

O Dia da Valorização do Militar Estadual Paranaense em 22 de outubro de cada ano, é uma comemoração do Estado brasileiro do Paraná, que foi estatuída pela Lei Nº 17.535 de 16 de abril de 2013, para cuja data comemorativa eu ainda não logrei obter maiores explicações e porquês, mesmo depois da leitura da íntegra com a respectiva justificação do Projeto de Lei Nº 491 de 19 de setembro de 2012.

Mas é possível que essa data comemorativa de paranaenses esteja relacionada com a data do início do conflito armado entre a população cabocla e representantes dos poderes estaduais e federal brasileiros, que ficou conhecido como "Guerra do Contestado", e que foi travado entre 22 de outubro de 1912 e princípios de agosto de 1916, com a captura do último líder do Contestado, Adeodato Manoel de Ramos, tendo sido originado também nos problemas sociais do lugar. Tais problemas foram decorrentes principalmente da falta de regularização da posse de terras e da insatisfação da população hipossuficiente, numa região em que a presença do poder público nesse tempo era praticamente insignificante. O embate foi ainda agravado pelo fanatismo religioso da parte dos caboclos revoltosos, expresso pelo messianismo e pela crença de que o conflito se tratava de uma "Guerra Santa", pela posse de uma região rica em erva-mate e madeira no Sul do Brasil, que então era disputada pelos estados brasileiros do Paraná e Santa Catarina.

Para conhecimento, Adeodato, o último dos comandantes dos revoltosos foi o único que não recebeu nenhum tipo de anistia. Ele era, provavelmente, o melhor exemplo da mistura do misticismo primitivo com o banditismo puro e simples, tão presente na "luta do Contestado". Preso na Capital, foi morto em 23 de janeiro de 1923 pelo diretor da Cadeia Pública onde estava preso, capitão Antônio Trogílio de Mello, enquanto tentava fugir 7 anos depois de sua captura e condenação a 30 anos de cárcere.
A "Guerra do Contestado" se estendeu por uma área de 28 mil quilômetros quadrados,envolvendo cerca de 7 mil soldados e 8 mil caboclos, e resultou num acordo de limites entre os governos de paranaenses e catarinenses, que foi assinado em

  • 20 de outubro"] de 1916, estabelecendo então as divisas de cada um dos 2 estados envolvidos na questão de limites, depois da morte de pelo menos dez mil pessoas na luta.
  • Fontes consultadas:

    1. www.legislacao.pr.gov.br/…
    2. www.alep.pr.gov.br/…
    3. ricmais.com.br/…
    4. pt.wikipedia.org/…
    5. roberto-menezes.blogspot.com.br/…

    Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

    Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/1354

    RSS/XML