Dia da Industrialização da África ou "African Industrialization Day" (20 de novembro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta para esse artigo: http://datascomemorativas.org/g2YT

O Dia da Industrialização da África ou "African Industrialization Day" em 20 de novembro de cada ano, é uma comemoração internacional, que foi instituída pela ONU [Organização das Nações Unidas] na sua resolução A/RES/44/237 de 22 de dezembro de 1989, pela qual também se proclamou a Segunda Década de Desenvolvimento para a África ou "Second Industrial Development Decade for Africa", e que então ratificou uma data comemorativa criada em julho desse mesmo ano na 25ª Sessão Geral de Governos da Organização da Unidade Africana ou "General Session of the Government of the Organization of African Unity" na cidade e capital etíope de Adis Abeba.

Não se sabe ao certo porque foi escolhido o dia 20 de Novembro de cada ano para a comemoração dessa data celebrativa, mas apenas que esse dia festivo é um momento em que governos e outras organizações em muitos países africanos examinam formas de estimular o processo de industrialização da África, além se ser também uma ocasião para se chamar a atenção da mídia em todo o mundo para os problemas e desafios da industrialização no continente africano, que abriga cerca de 30 dos cerca de 50 países menos desenvolvidos do mundo.

Em 20 de novembro ou próximo dele, vários eventos são realizados para marcar essa data festiva. Muitos deles envolvem os líderes locais e nacionais e representantes de organizações não governamentais nacionais e internacionais. Um esforço especial é feito para unir os líderes ou representantes de tantos países africanos quanto possível, para estimular a discussão sobre a industrialização da África e avaliar os progressos realizados no ano anterior. A UNIDO [Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial ou "United Nations Industrial Development Organization"] desempenha um importante papel na coordenação de eventos ou em torno das celebrações desse dia festivo.

Além disso, várias declarações são entregues na sede da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial na cidade e capital austríaca de Viena. Estas declarações são de líderes da União Africana, da Comissão Económica para a África, e da Organização das Nações Unidas. Espera-se que estas manifestações possam elevar a consciência mundial sobre a importância da industrialização na África, e lembrar à comunidade internacional que mais de 30 dos 50 países menos desenvolvidos do mundo estão localizados na África.

Para conhecimento, a África é o 3º continente mais extenso da Terra, atrás da Ásia e da América, com cerca de 30 milhões de quilômetros quadrados, cobrindo 20,3 % da área total da terra firme do planeta. É o segundo continente mais populoso da Terra, atrás da Ásia, com cerca de um bilhão de pessoas (estimativa de 2005), representando cerca de um sétimo da população mundial, e 54 países independentes.

O continente africano apresenta grande diversidade étnica, cultural, social e política. Dos trinta países mais pobres do mundo (com mais problemas de subnutrição, analfabetismo e baixa expectativa de vida), pelo menos 21 são africanos. Apesar disso existem alguns países com um padrão de vida razoável, mas não existe nenhum país realmente desenvolvido na África. Maurícia e Seicheles têm uma qualidade de vida bastante razoável, como até a recente revolução, também a Líbia. Ainda há outros países africanos com qualidade de vida e índices de desenvolvimento razoáveis, como a maior economia africana, a África do Sul, e outros países, como Marrocos, Argélia, Tunísia, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe, que contam com índices aceitáveis.

A África costuma ser regionalizada de duas formas, a 1ª forma valoriza a localização dos países e os divide em 5 grupos, que são: a África setentrional, a África Ocidental, a África central, a África Oriental e a África meridional. A 2ª regionalização do continente africano, que vem sendo muito utilizada, usa critérios étnicos e culturais (religião e etnias predominantes em cada região), e divide o continente em dois grandes grupos: a África Branca ou setentrional, formada pelos 8 países da África do norte, mais a Mauritânia e o Saara Ocidental, e a África Negra ou subsaariana, formada pelos outros 44 países do continente.

Fontes consultadas em 20 de novembro de 2016 às 16:00:53:

  1. www.un.org/…
  2. www.un.org/…
  3. www.timeanddate.com/…
  4. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Antonio Cezar é cego, dedica ± 4 hhoras/dia na maior coleção [RankBrasil] em Datas Comemorativas e seus porquês, e conta com você. Clique e colabore!

Ocultar

Foto do Locutor Antonio Cezar

Você pode entrar em contato para saber como ajudar ou doar qualquer quantia, na Caixa Econômica Federal ou numa lotérica perto de você, para Antonio Cezar, agência 2992, operação 13, conta poupança 8655-1. Por exemplo, moedas do troco no pagamento de suas contas serão sempre bem-vindas.

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/g2YT

RSS/XML