2º dos "Doze Dias Santos" (27 de dezembro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/2225

Próxima Celebração "2º dos "Doze Dias Santos": Quarta-Feira, 27 de Dezembro de 2017, : daqui 125 dias, 20:40:53-03:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 2 minutos.

O 2º dos "Doze Dias Santos" em 27 de dezembro de cada ano, é uma comemoração do Cristianismo Esotérico, que está relacionada com a interpretação Esotérica da temporada do Natal, e que tem sido festejada até 6 de janeiro, no "Dia de Reis" ou no "Dia da Epifania do Senhor"

Essa data comemorativa simboliza os 12 signos do zodíaco e seus respectivos atributos arquetípicos, na viagem do Sol do Sul para o Norte e num trabalho sobre a Terra e suas formas de vida, juntamente com a luz de Cristo que continua a brilhar mais intensamente durante esses "Doze Dias Santos".

Esse 2º dos "12 Dias Santos" dos Esotéricos é dedicado à hierarquia do signo de Touro (21 de abril a 22 de maio), que está ligado à garganta [nos corpos da Nova Era], um centro luminoso do qual emana a Palavra Criadora], e que está associado com o Discípulo Santo André, cuja nota distintiva é a humildade, quando se indica para meditação o seguinte trecho bíblico: "Aquele que permanece no amor permanece em Deus" - I João, 4:16.

Para conhecimento, acredita-se que, desde o momento do Solstício de Inverno em que a luz de Cristo entra no coração da Terra, o planeta está impregnado pelas poderosas radiações solsticiais que continuam, ainda que algo diminuídas, durante os doze Dias Santos.

Segundo os crentes dessa corrente, muitas e maravilhosas atividades têm lugar nesta época nos planos sutis. Conta a tradição que a primitiva Igreja cristã concluía seu ministério esotérico na mística Décima Segunda Noite com o Rito do Batismo, uma de suas mais elevadas Iniciações.

Para os crentes, os neófitos modernos que tem obtido a iluminação sabem que é possível entrar em comunhão com os Seres divinos e com o Senhor da Luz. Conta-se que uma experiência assim foi a que inspirou o Evangelho de João, com frequência chamado o "Evangelho do Amor".

Infelizmente para os crentes, uma crença correntemente difundida estabelece que o dia 25 de dezembro, que se celebra como o Natal, encerra o festival espiritual da estação do Solstício de Inverno. Porém para os crentes, essa crença não é verdadeira: Para eles, o Natal marca o início ou entrada para um período de profundo significado. Este período é o intervalo de doze dias entre o Natal e a Décima Segunda Noite, que constitui o coração do ano que se inicia. Esses doze dias tem sido chamado muito adequadamente, o Dias Santo dos Dias Santos do ano.

Nessa época, cada um dos doze Dias Santos está sob a direta supervisão de uma das doze Hierarquias zodiacais, que projeta sobre o planeta o modelo cósmico do mundo como será, uma vez que o trabalho combinado das Hierarquias haja culminado. Também se correlacionam os doze Discípulos com estes doze Dias Santos e igualmente com os doze centros espirituais por meio dos quais operam as doze forças no templo-corpo do homem. Ainda segundo os crentes, nesse período, cada estudante sincero, portanto, fará uso deste sagrado período, visualizando o trabalho das Hierarquias, meditando sobre a vida e obra dos Discípulos, e dirigindo as radiações espirituais das Hierarquias em direção aos centros do corpo com os que se relacionam. Acredita-se que, se o estudante for sincero e persistir um ano após outro neste elevado esforço, não deixará de obter a recompensa quanto a um grande desenvolvimento espiritual.

Fontes consultadas:

  1. www.fraternidaderosacruz.org/…
  2. www.christianrosenkreuz.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datascomemorativas.org/2225

RSS/XML